sábado, 14 de fevereiro de 2015

COMO MONTAR UM ORQUIDARIO EM CASA




Nos horarios de luz mais forte, o sombrite
faz a função da folhas das arvores na floresta 
diminuindo a intensidade e a temperatura tambem!

 Com o aumento da coleção a necessidade de um cantinho especial se torna realidade. Nesse momento planejamento
 é fundamental e o que você precisa saber antes de começar é que espaço não é problema para orquídea.
Elas também gostam de pequenos espaços e para um orquidário domestico não há um tamanho mínimo recomendável, o ideal é que o espaço se adeque ao espaço disponível que você tem na área externa da sua casa ou apartamento. Ela só precisa de claridade, ventilação e irrigação/umidade relativa do ar condizente com as necessidades das orquideas.
O primeiro aspecto que você deve observar é a luz, isto é onde o sol nasce e onde ele se põe em relação a sua casa e onde as plantas vão ficar. O ideal é que receba a maior quantidade de luz no período da manhã. Sobre a ventilação ela tem que ser adequada, ela deve ser branda e constante principalmente durante o horário de maior temperatura do dia, pois ajuda a planta a não queimar mantendo a temperatura da folha estável enquanto recebe a luz do sol. e por fim a umidade do local. 
A umidade do local deve ser muito boa para ajudar as plantas a se manterem hidratadas, de nada adianta receber luz se a umidade é ruim, pois elas desidratam demais. Se o chão é de terra você pode colocar pedras ou plantar algum tipo de forração(plantas rasteira como o dinheiro em penca, etc.) que ajuda a segurar a umidade. 
Se for piso frio ou cimentado dificulta um pouco, e para poder fornecer a umidade para as orquídeas de baixo para cima será necessario molhar para aumentar a evaporação e a umidade. Usar vasos de plantas como folhagens e bromelias ajuda muito tambem conseguindo assim dar essa umidade necessaria. Entenda que é preciso ter uma concentração de plantas para que elas consigam manter a umidade por mais tempo toda vez que regar, e isto não quer dizer amontoar as orquídeas ou entulhar as orquídeas em cima das outras plantas da sua casa, Isto quer dizer ter plantas perto delas mesmo não sendo orquídeas fazendo uma barreira contra a evaporação.
 Em ambiente natural o que se tem é plantas no chão da floresta, as orquideas enraizadas nos troncos no alto e a copa das árvores fazendo a filtragem da luz do sol. Sabendo disso é usar a criatividade e montar o seu cantinho verde de forma harmónica privilegiando a umidade, a luz e a ventilação.

Para quem já pode observar as  orquídeas vegetando no habitat, viu que orquideas não são plantas fracas, pelo contrário por terem as folhas e raizes mais evoluídas conseguem obter seus recursos do meio com mais facilidade. O grande mito que orquidea não gosta de agua é interpretado de forma errada por falta de conhecimento. No habitat original uma orquidea costuma ter dias quentes e noites frescas e mais umidas. E imitando isso na costrução do orquidário fica mais facil ter sucesso.
Cultivo da espécie Phalaenopsis sob a cobertura de telhado. 
Se desenvolvem muito bem pois a temperatura não é problema 
desde que a umidade seja condizente. Como o habitat da espécie 
tem muita agua no solo(areas alagadas) o melhor é aumentar a umidade
do ambiente no fim do dia. 
Já no substrato o ideal é esperar secar antes de molhar de novo.



















orquidário na lateral da casa, protegido do raios 
de sol da tarde por causa do muro lateral, 







Os orquidários podem ser elaborados com diferentes materiais, tais como madeira, alvenaria ou metal galvanizado. No momento da escolha, é preciso estar ciente que materiais mais resistentes como o metal serão duráveis, porém tendem a ter custo mais elevado do que outros menos duráveis que precisarão de cuidados de manutenção constantes. A cobertura pode contar com assentamento de ripado ou tela de sombrite, sendo que a tela de sombrite é amplamente utilizada, pois permite uma homogeneidade maior de luz e de sombra no espaço interno da instalação além de diminuir em média 8 graus a temperatura debaixo dela. A tela de sombrite também favorece a umidade ambiente o que no caso das plantas é fundamental.
 É essencial também verificar a preferência das suas plantas ao índice de luminosidade. Para a maioria dos híbridos e espécies 50% de sombreamento é o mais indicado, ao passo que espécies como phalaenopsis e micro-orquideas exigem cerca de 70%. Também por questão de luminosidade, é sempre recomendável que o orquidário seja construído com a face voltada para o norte de modo a possibilitar uma incidência mais homogênea de luz solar durante o ano inteiro independente da estação.(Cuidado com as recomendações em relação à luz solar, porque referem-se ao hemisfério Sul, logo onde se lê Norte, deve ler-se Sul e onde se lê Sul, deve ler-se Norte.  Essa observação refere-se logicamente ao caso das pessoas que estão no hemisfério norte)
 Dentro do orquidário, é aconselhável que as espécies que apreciem bastante luz fiquem penduradas, enquanto as que preferem meia sombra sejam dispostas em uma bancada. A bancada pode ser fabricada com madeira, concreto, metal galvanizado, entre outros materiais, desde que sejam resistentes e fáceis de limpar além de permitir uma boa ventilação. Vale lembrar que a distancia mínima entre os vasos por segurança é de pelo menos 5 cm e para que as plantas se mantenham saudáveis, a limpeza do local de cultivo deve ser constante, porque dessa forma o risco de proliferação de pragas será minimizado.



vista aerea das plantas penduradas
vista aerea das bancadas

























PLANO B- Se não houver a possibilidade de montar um orquidário em sua casa, você pode utilizar varandas ou pergolados para abrigar as plantas. No caso de pérgolas a disposição das ripas deve ser alinhada no sentido norte-sul para que com o passar do dia, a incidência solar alterne momentos de luz e sombra, já para as varandas o melhor é que se conheça bem as plantas e o ambiente, verificando como é a incidência dos raios solares diretos ao longo dos dias e do ano no local, para conseguir um equilíbrio entre as orquídeas sensíveis com relação a luminosidade. Estas devem ser colocadas em pontos que recebem menos luz do sol. Outra possibilidade alternativa é instalar nesses locais uma tela de sombreamento. Outra grande possibilidade para aumentar a umidade do local é instalar uma fonte de agua no local, que alem de aumentar a umidade vai deixar o lugar ainda mais adequado e bonito!


Abaixo as fotos mostram varias ideias usadas em diferentes ambientes, sempre com o intuito de proporcionar uma temperatura mais amena para que as plantas se desenvolvam plenamente.
Nas fotos é possível observar diferentes lugares onde só foi usado a imaginação e um pouco de trabalho, suficiente para transformar o local em um paraíso de flores, aprendizado e oxigenio!!!





































Então agora mãos a obra e realize o sonho de sua orquídea que está ai na sua casa, e construa seu cantinho verde!!!





















Enviar um comentário