sábado, 20 de junho de 2015

MILTONIA- A ORQUÍDEA AMOR PERFEITO

Miltonia spectabilis variedade rosea
foto: Mauro rosim
O genero de orquideas Miltonia reúne aproximadamente 20 espécies catalogadas, todas com florações abundantes e perfumadas.Foi proposto por John Lindley em 1837,O nome é uma homenagem ao orquidófilo inglês Charles Wentworth, Visconde de Milton, que teve seu nome latinizado para Carolus Excelsus Gulielmulus – “Vicecomes Miltonius”. Na epoca a planta descrita foi a Miltonia spectabilis, que ficou sendo sua espécie tipo. Ela é uma espécie de cor intensamente rubi e perfume inigualável, e com as variações alba, semi-alba e rósea.




Miltonia kayasimae
Depois delas muitas outras foram descobertas: Miltonia candida , Miltonia clowesii, Miltonia cuneata, Miltonia flava, Miltonia flavescens, Miltonia kayasimae, Miltonia phymatochila, Miltonia regnellii, Miltonia russelliana entre outras.
E tambem os híbridos naturais:
Miltonia × bluntii ( Miltonia clowesii × Miltonia spectabilis) (Brasil)
Miltonia × cogniauxiae (Miltonia regnellii × Miltonia spectabilis) (Brasil),
Miltonia × cyrtochiloides (Miltonia flavescens × Miltonia spectabilis) (Brasil),
Miltonia × lamarckeana (Miltonia candida × Miltonia clowesii) (Brasil)


Miltonia spectabilis variedade moreliana
São plantas que vegetam de forma epífita desde a área central do Brasil até a Argentina. Elas em geral habitam tanto as matas mais secas como as mais úmidas e formam lindas touceiras cobrindo troncos e ramos inteiros.
Miltonia flavescens-foto Márcio Verdi
Há alguns anos a espécie Miltonia agrupava também diversas espécies de clima mais frio, do noroeste da América do Sul e outras da América Central que acabaram por serem removidas para outros gêneros, a maioria para a espécie Miltoniopsis. As flores das miltoniopsis são as que mais se assemelham aos amores-perfeitos, mas é muito comum usar esta designação para os dois gêneros, Miltonia e Miltoniopsis, o que pode gerar confusão... Das Miltonias, a que mais se assemelha a flor Amor perfeito é a espécie tipo, Miltonia spectabilis.

Miltonia spectabilis
As Miltonia apresentam rizoma mais curto que outras espécies como  Brassia e Aspasia, possuem crescimento *cespitoso.
Seus pseudobulbos são ovais e alongados, bastante comprimidos lateralmente, alem de serem parcialmente recobertos por Bainhas foliares e sempre com uma ou duas folhas no alto do bulbo. As folhas das Miltonias são mais estreitas, delgadas e alongadas. A haste floral brota das axilas da Bainha que recobrem os pseudobulbos, crescendo ereta e racemosa. Podendo emitir uma flor solitária ou até quinze flores de tamanho médio a grande, dependendo da espécie. 


Miltonia spectabilis variedade alba
foto: Mauro Rosim
Bastante duráveis e  normalmente vistosas. As pétalas e sépalas são bastante variáveis em seu formato, em regra eretas, por vezes coniventes. Apresentam labelo inteiro, algumas vezes levemente lobado, em regra muito largo, colorido, e vistoso, desprovido de calosidades, mas podendo apresentar leve engrossamento estriado próximo da base. Sua coluna não tem pé e contêm duas polínias rígidas. As flores possuem perfume muito apreciado e exótico. As Miltonia preferem um clima mais quente, tropical como a maioria dos estados brasileiros e são mais fáceis de cultivar que as miltoniopsis. 
Estes dois géneros formam alguns híbridos entre si.Existem híbridos naturais entre várias espécies de Miltonia e estas têm sido utilizadas frequentemente na produção de novidades vistosas.
O genero Miltonia se assemelha no cultivo mais as espécies do genero Oncidium(Calor sombreado e umido), do que as genero Miltoniopsis de clima ameno.
*Crescimento cespitoso- É um termo botânico que se refere ao modo como algumas plantas crescem lançando novos brotos ou caules de maneira aglomerada, geralmente formando uma touceira ou espesso tapete.

APÓS AS FOTOS AS INFORMAÇÕES DO GENERO MILTONIOPSIS...

Miltonia candida- foto: Luiz Filipi Varella


Miltonia clowesii

Miltoniopsis White Sumer
Miltoniopsis Andrea West 
miltonia goodale moir "golden wonder"

                                Miltoniopsis
  O nome do gênero Miltoniopsis tem origem da união do nome do gênero Miltonia com a latinização da palavra grega: ὄΨις (opsis) que significa "parecido", aludindo à sua semelhança com o gênero Miltonia.
 É composto por seis espécies até o momento, nativas da Costa Rica , Panamá , Venezuela , Equador e Colômbia. Habita regiões de clima temperado e tem o cultivo diferente da Miltonia!
 Prefere climas com variações de temperatura, como o clima de altitude, dias quentes e noites frescas. De dia máxima de:  26/28ºC e  de noite:  entre  14/16ºC e extremos de até menos de 10ºC na época mais fria do ano. Não tolera o mesmo clima das Cattleyas por exemplo, por isso em regiões muito quentes durante o dia e a noite podem levar a planta a morte com o passar dos anos, e com florações menos vistosas. 
A espécie passa por constante melhoramento genético em busca de plantas de forma mais bonitas, de cores variadas e também mais resistentes as temperaturas, por isso antes de adquirir uma espécie ou híbrido certifique-se sobre suas preferências de cultivo para evitar surpresas!!
as espécies de Miltoniopsis:


                                                      Miltoniopsis bismarckii

                                Miltoniopsis phalaenopsis

                                    Miltoniopsis roezlii

                                Miltoniopsis vexillaria 


                               Miltoniopsis warszewiczii

Miltoniopsis santanae


Enviar um comentário