quinta-feira, 8 de outubro de 2015

SUA PLANTA ESTA DOENTE? CUIDE DA PLANTA E NÃO DA DOENÇA!!!


Potinara kozo's scarlet 'VI emi'
É normal nos preocupar com as doenças, fungos e pragas sem se dar conta da saúde da orquídea. Toda vez que aparece alguma coisa não se pensa na planta e sim no problema, pois na tentativa de acabar com o mau o que procura é usar um remédio ou veneno, etc.
E isso é o começo para aumentar o risco de perder a planta aos poucos, pois não se corrige a causa. Mesmo atacada as orquídeas são muito resistentes e demoram a morrer. É interessante observar que apesar de ela estar definhando e ficando feia aos poucos, na verdade a planta está tentando solucionar o problema e não se entregando facilmente, possui sua defesa interna atua de forma inteligente Produzindo sua defesa! Em casos mais graves onde o problema é mais sério como os fungos da terra, podridão negra, podridão bacteriana, canela seca, etc. a planta tem menos chance, ainda mais se estiver desnutrida mesmo com suas defesas, pois são muito agressivos e tomam a planta toda em poucos dias.
Podridão mole em phalaenopsis- (uma bactéria que mata a planta 
em poucos dias). Uma situação que pode
ser revertida se tomada as devidas providencias, mas o melhor
é ter um cultivo inteligente para minimizar esse tipo de mau.

Bom, podemos dizer que as plantas quando adoecem por fungos ou ataque de pragas é porque estão sofrendo algum tipo de situação que não condiz com o que necessita. Falta de nutrientes, Falta de luz adequada, falta de água e umidade ambiente, falta de ventilação, falta de aeração nas raízes, falta de limpeza, ou ainda porque tá solta no vaso,  ou porque o substrato está velho e acido, enfim dava pra continuar colocando possíveis problemas aqui, mas a grande maioria deles reflete apenas três situações comuns no inicio do cultivo: falta de paciência, informação e observação.

Meu orquidario
(Como a maioria no começo. também tem um pouco de tudo!)
Observe que são três excelentes qualidades que qualquer ser humano gostaria de ter. E é o que o cultivo de orquídeas nos dá em troca da dedicação e do esforço em aprender e mudar internamente vencendo as dificuldades e resistências pessoais.  E é o que me fez cultivar orquídeas e hoje eu agradeço!
Se você que lê o texto quer aprender o que eu aprendo com elas respire fundo...e antes de utilizar qualquer produto químico em suas orquídeas tente resolver de uma maneira melhor, mais natural e menos agressiva para a planta.Com certeza haverá flores nessa hora para lhes presentear!

Cattleya violacea no habitat-
 vegeta sem nenhum problema de praga nem doença!
Em ambiente natural esses problemas não afetam as orquídeas sadias e na nossa casa também é possível atingir essa qualidade para que as orquídeas vegetem muito bem florindo e crescendo. Na natureza existe a seleção natural e por esse motivo algumas plantas também morrem e no caso disso acontecer conosco não devemos nos culpar, devemos observar o que realmente aconteceu e aprender com isso tentando evitar que se repita.


Phalaenopsis-
Uma boa adubação produz flores de otima cor e tamanho!
 Cultivando as plantas em ambiente próprio com uma alimentação regrada e completa e um controle de pragas natural e constante* é possível minimizar a morte das plantas que nos entristece tanto. A alimentação das plantas é a nossa parte mais importante, pois através dela damos condição para que elas vegetem com mais qualidade aproveitando melhor a luz, a umidade e a ventilação do ambiente, que são primordiais para o sucesso no cultivo.
www.agrooceanica.com.br


* ( O óleo de neem atua sobre centenas de problemas nas plantas e orquídeas e atua de forma sistêmica permanecendo na planta por 8 dias sendo eliminado de forma natural. É aplicado semanalmente ajudando a prevenir qualquer problema.)



Catasetum Mary Spencer- Começou a florir em janeiro, com uma haste.
 Em junho na quarta haste floral 
foi premiado na exposição de Rio Claro/2015
Para um iniciante como eu, de poucos anos de cultivo, é um feito 
sensacional!!

E o segredo eu conto aqui nesse texto para voce!


Primeira Haste em jan/2015-
 Se fosse essa teria levado o primeiro lugar!!!

Adubar é a principal tarefa de quem cultiva as plantas, e talvez por isso se tenha tanto prazer quando dá certo! É através da adubação que as plantas conseguem sintetizar tudo que necessitam. Usam os nutrientes de forma combinada para fabricarem as vitaminas e compostos que usa para enraizar, brotar, florir, se defender, etc.  Diferente dos seres humanos que precisam de vitaminas, as plantas conseguem sintetizar qualquer substancia que necessite desde que tenha os nutrientes minerais da adubação.
Saber sobre os nutrientes e como eles se ligam dentro das plantas demanda estudo e a maioria das pessoas  que começam a se interessar por orquídeas tem dificuldade nessa parte, dificultando o cultivo no inicio. Além disso, existem muitos mitos criados que não ajudam.
Oncidium Red mini-
Se adaptou muito bem ao clima quente do interior !
 O que bastaria saber no inicio é que as orquídeas como qualquer outra planta também precisa de alimento.  É com ele que fabricam suas células de defesas para viver em meio natural entre fungos e insetos, equilibrada e saudável. Os fungos e bactérias existem entre nós e qualquer meio, e todas as orquídeas são dependentes de fungos para sobreviver desde a germinação até a fase adulta, onde vivem nas raízes das plantas. As sementes das orquídeas contêm pouquíssimas reservas de nutrientes e o fungo entra nessa parte fornecendo os nutrientes para a germinação e o crescimento. É Por isso que a infecção por fungos micorríticos numa semente de orquídea em meio natural é a única maneira da planta se desenvolver e mesmo assim não significa que, necessariamente, resultará na germinação e crescimento da planta, pois pode acontecer o contrario e o fungo matar a planta.
Phalaenopsis- A floração dessa espécie é continua por vários meses
 desde que mantenha a adubação correta!!

 Essa “parceria” entre as orquídeas e alguns tipos de fungos e insetos é muito estudada por cientistas, pois é um tema muito complexo e cheio de possibilidades e a interação só dá certo porque as orquídeas possuem mecanismos muito eficientes para sua defesa contra doenças e são capazes de limitar o crescimento dos fungos e a ação dos insetos.
Brassocattleya Hippodamia Kelvin Luck-
Floração em  março/2015 e depois em julho com mais
uma flor. Agora em outubro
já brota vigorosamente!

 A inibição do crescimento dos fungos é controlada pela síntese de uma substância produzida pela orquídea com os nutrientes absorvidos atravez das adubação e que possui efeitos sobre numerosos  tipos de fungos micorríticos e terrestres. Este fungicida natural produzido pela planta tem a sua síntese efetuada para controlar e até matar os fungos que sejam indesejáveis evitando que se espalhem e prejudiquem a planta se desenvolver.
 Nas florestas as orquídeas são continuamente expostas aos fungos e outros micro-organismos, e a resistência à doença é uma regra para todas as espécies! É a maneira que a natureza faz a seleção natural de evolução!
  O desencadear do crescimento exagerado e o ataque de Fungos e Bactérias nas plantas sempre vai acontecer por um desequilíbrio, um stress, e que muitas vezes ou quase 100% das vezes é causados por nós mesmos. Pois é, muitas vezes as ações erradas no cultivo acabam interferindo de forma negativa na saude da planta. Pode ser por falta, mas o mais comum é por excesso sempre...
E Qual o segredo para diminuir o risco de perder uma planta?
Hibrido de Laelia e Cattleya-Com adubação correta
e constante é possivel ter flores iguais as dos produtores,
 e utilizando apenas um produto!!
Primeiro, não se apavore quando achar ou perceber que algo de errado está acontecendo e mantenha a calma. Pense e procure analisar os acontecimentos e se possível, deixe a natureza reagir, apenas auxilie, esteja presente. Procure usar produtos naturais, equilibrados, pois as orquideas absorvem seus nutrientes aos poucos e trabalham com reserva, então de nada adianta aplicar algo "forte" demais que o resultado não melhora e no caso de uma doença por exemplo, é possível que até se perca a planta por não aguentar algo tão concentrado. Uma doença e uma flor não acontecem da noite para o dia, isso é um processo que leva tempo... Um Fungo é considerado "oportunista" porque aproveita uma vulnerabilidade da planta que acontece aos poucos com falhas na nutrição e em locais de clima inapropriado. O que uma planta precisa é de condições(Agua, luz, umidade e nutrientes vindos da adubação).
Se você for usar produtos químicos, você estará pensando somente nas pragas e fungos, e não nas plantas, isso vai afetar a natureza de tal forma que vai colocar suas plantas no CICLO DE DOENÇAS E PRAGAS, porque além de "matar o fungo ou pragas" vai matar muitas vidas que habitam o local e ajudam as plantas, muitas microscópicas, que nem imaginamos que estejam ali.  E cada vez menos os venenos tem feito algo de bom para as plantas, apenas deixam as pragas mais fortes, pois a natureza evolui. 

Um entendimento melhor desse processo e a precisa identificação do mecanismo de atuação dessas substâncias fez a AGROOCEANICA desenvolver a linha de adubos AMINOPEIXE que possui compostos que estimulam entre outras funções a produção das fitoalexinas(células de defesa)e outros compostos, reduzindo as aplicações de defensivos externamente. As plantas ficam muito mais resistentes e alimentadas de forma plena. Preparada para as adversidades do ambiente!


Os produtos da linha AMINOPEIXE e AMINOPEIXEALGAS, são fertilizantes oriundos de fermentação enzimática de pescado marinho e contém de forma prontamente assimilável pela planta: Macro e micronutrientes, essenciais para as plantas além de aminoácidos; quitosana; óleo de peixe; colágeno; hormônios enraizadores; ácidos graxos voláteis; carbono orgânico; acido húmico e fúlvico; matéria orgânica. E o AMINOPEIXEALGAS, alem de tudo isso também é formado com algas marinhas do gênero Ascophyllum nodosum, que quando utilizada na agricultura em geral proporciona um maior desenvolvimento vegetativo, mesmo sob condições ambientais diversas. As algas são fontes naturais de citocininas (hormônios vegetais que promovem a divisão celular e retardam a senescência). Plantas pulverizadas com produtos à base de Ascophyllum nodosum, podem sofrer um aumento da atividade de nitrato redutase, uma enzima do metabolismo do nitrogênio, estimulando o crescimento de plantas em condições adversas, principalmente deficiência de nitrogênio. Essas substancias combinadas regulam e corrigem o natural equilíbrio nutricional e metabólico das plantas ativando a fotossíntese e a exploração do seu potencial biológico e fisiológico de forma plena e também ativando a resposta de defesa da planta, evitando pragas e doenças. Tornando o cultivo mais simples e pratico com o menor impacto no ambiente preservando e equilibrando toda a vida em volta das orquídeas!!
 Se quizer experimentar os adubos completos para orquideas u
se o cupom promocional de lançamento do novo site VALIDO ATÉ DIA 15 DE MAIO  E RECEBA NA SUA CASA!!!!

                                  www.agrooceanica.com.br





       "Cuide da Natureza que ela cuidará de você”.
                     


Phalaenopsis em close-flores por muitos meses com AMINOPEIXE !